01 junho 2017

8.º Aniversário Clube de Leitura da Biblioteca Almeida Faria

As Comemorações do 8º Aniversário do Clube de Leitura da Biblioteca Municipal Almeida Faria, em Montemor-o-Novo, decorreram nos dias 27 e 28 de Maio e tiveram o escritor montemorense Alface como pessoa homenageada. As Comemorações começaram no Pátio dos Contos da Biblioteca Municipal, com uma sessão de leitura encenada do conto “Pombinhos”, do Alface, pela Theatron. Já a caminho do Auditório, os presentes desfrutaram da Exposição de Desenho, também ela uma homenagem ao Alface, da responsabilidade dos alunos do 10º ano, da Turma C do Curso de Artes Visuais, da Escola Secundária de Montemor-o-Novo. No Auditório, puderam ainda ver nova exposição, esta relativa aos 8 anos do Clube de Leitura da Biblioteca Almeida Faria.

8.º Aniv. Clube de Leitura (35).JPG

Na abertura das Comemorações estiveram presentes o Senhor Vereador da Cultura João Marques e a Bibliotecária Liliana Pincante, que começaram por agradecer a presença do público em geral, e, em particular, a presença da família do Alface, bem como a presença dos leitores vindos das diferentes Comunidades de Leitura, como a Comunidade de Leitores da Maia, Almada, Loures e a Comunidade de Leitores da Fundação José Saramago. Seguiu-se a comunicação de Vasco Santos, da Editora Fenda. Nas suas palavras: “Alface é um multiplicador de mundos e vivências que não pode ser esquecido”. A segunda comunicação foi da responsabilidade de Teresa Carvalho, atual crítica literária no Jornal I, que nos trouxe uma exegese do último romance escrito por Alface, Cá vai Lisboa. Findas as comunicações, houve lugar à voz dos leitores das diferentes comunidades. No último momento desta tarde de comemorações e homenagem, assistiu-se ao lançamento da reedição do livro Cuidado com os Rapazes, do Alface, editora Maldoror, com apresentação de Teresa Carvalho.

8.º Aniv. Clube de Leitura (60).JPG

No dia 28, decorreu o passeio literário “da pedra onde Vasco da gama se terá borrado todo à casa onde nasceu João Alfacinha da Silva”, com Vitor Guita e a Universidade Sénior, um passeio pela cidade com várias referências biográficas e com animadas leituras de textos menos conhecidos deste autor. De um modo geral, várias vezes se ouviu a frase, que passou a ser mote deste encontro: “O Alface estaria seguramente feliz!”. Ficam dois convites: leia Alface e partilhe connosco as suas leituras no Clube de Leitura da Biblioteca Almeida Faria!

8.º Aniv. Clube de Leitura (83).JPG