17 janeiro 2017

Apresentação do novo número da Revista Almansor

No passado dia 13 de Janeiro, no auditório da Biblioteca Municipal Almeida Faria, pelas 18 horas, teve lugar o lançamento do n.º 2 da segunda série da Revista Almansor. Para além da apresentação da revista, feita por Hortênsia Menino, Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, e Manuela Pereira, coordenadora desta publicação, teve lugar uma conferência por Francisco Bilou intitulada “Garcia de Resende /1475?-1536). O retrato possível cinco séculos depois”. 

A Revista Almansor é um projeto do Município de Montemor-o-Novo, coordenado pelo Dr. Jorge Fonseca até ao final da 2.ª série e, a partir daí, por Manuela Pereira. Tendo como objetivo a divulgação da história, património e da cultura do concelho de Montemor, a revista existe desde 1983. Com este número agora apresentado, já foram editados 26 números, com dezenas de artigos maioritariamente sobre história, mas também sobre arqueologia, história da arte, literatura, antropologia do concelho de Montemor-o-Novo.


Apres. Revista Almansor n.º 2 - 3.ª Série (32).JPG


Com o lançamento da terceira série da revista no ano passado, foram feitas algumas alterações que visam adaptar a revista, em termos editoriais, aos desafios atuais e futuros. A publicação conta agora com um Conselho Científico e Editorial que atesta a qualidade científica dos artigos. A revista Almansor passou também a poder receber artigos de outros concelhos alentejanos, reafirmando-se como uma publicação de nível regional. Neste momento, estão a ser dados passos para que, durante o ano de 2017, o projeto possa integrar uma rede de publicações científicas a nível internacional,  o que irá permitir igualmente dar um salto qualitativo e divulgar a revista noutros meios.

Neste número 2 da 3ª série da revista Almansor foram publicados 6 artigos, 3 deles integrados num caderno temático dedicado à Ermida de S. Pedro da Ribeira e ao importante conjunto de frescos que possui, onde se destaca o painel de S. Pedro da primeira metade do século XVI. Os restantes três artigos abordam temas como os documentos do século XVI referentes a Montemor, os agentes da inquisição em Montemor e, por fim, sobre a reconstrução virtual do Paço dos Alcaides.