27 abril 2017

Comemorações do 43º Aniversário do 25 de Abril

Apresentação do Livro "Mulheres da Clandestinidade"

Mulheresclandestinidade.JPG


A programação das comemorações do 43.º Aniversário do 25 de Abril, em Montemor-o-Novo começou no  passado dia 22 de Abril. No Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Faria foi apresentado o livro “Mulheres da Clandestinidade, de Vanessa de Almeida, com a presença do editor e da Presidente da Câmara, Hortênsia Menino.

Este livro resulta do trabalho de investigação da autora e é um documento que contribui para um melhor conhecimento da história da Resistência e da Luta contra a Ditadura Fascista, focando a vivência das Mulheres da Clandestinidade, na sua maioria alentejanas.


II Noite de Danças Tradicionais

 

DSC_0922.JPG


Realizou-se no serão de sábado, dia 22 de abril, no Salão Nobre da Sociedade Carlista, a Segunda Noite de Danças Tradicionais do Mundo.

Perante um salão da Sociedade Carlista cheio, onde estiveram presentes a Presidente da Câmara Municipal, Hortênsia Menino, e a Vereadora Palmira Catarro, esta Noite de Danças Tradicionais do Mundo presenteou todos os espetadores com a beleza e graciosidade dos vários estilos de danças caraterísticos de vários pontos do globo, entre os quais sevilhanas, ballet, dança do ventre e danças de salão.


I Encontro de Escolas de Música do Concelho de Montemor-o-Novo

 

Enc. Escolas Música Conc. (40).JPG


No domingo, 23 de abril, pelas 16h00, no Auditório do Parque Urbano realizou-se o I Encontro de Escolas de Música do Concelho.

Neste encontro, organizado pela Câmara Municipal, participaram o Grupo “Flores de Monfurado” da Associação “Amigos Unidos pelo Escoural”, a Banda Juvenil da Escola de Música da Casa do Povo de Cabrela, a Orquestra de Sopros Preparatória da Casa do Povo de Lavre, a Escola de Música da Sociedade Carlista, o Quarteto de Clarinetes e Trio de Flautas da Sociedade Carlista e os “Mirage” – Grupo Pop-Rock da Escola de Música e Dança Ensemble Monte Mor.

Foi uma excelente tarde de música com muito público a assistir!


Lembrar Abril - Inauguração da Exposição de Graffitis


In. Exp. Graffitis 'Lembrar Abril' (65).jpg


No dia 24 de  abril foi inaugurada uma Exposição de Graffitis, resultado do trabalho desenvolvido com alunos do 4º ano e Escolas do ensino básico da União de Freguesias de Nossa Sra. da Vila, Nossa Sra. do Bispo e Silveiras, no âmbito do Projeto Lembrar Abril.

Neste momento estiveram presentes todas as turmas e alunos envolvidos e respetivos professores e auxiliares. A iniciativa teve início com a leitura de alguns poemas alusivos ao 25 de Abril pelos alunos. De seguida, houve intervenções das entidades envolvidas no projeto que apresentaram o Projeto e enalteceram a presença a participação de todos os envolvidos, seguindo-se uma visita pela exposição, que ficará patente junto à Biblioteca Municipal, até ao dia 2 de maio.

Este evento é uma organização da União de Freguesias de N.ª Sr.ª da Vila, N.ª Sr.ª do Bispo e Silveiras, em colaboração com o Agrupamento de Escolas de Montemor-o-Novo e o apoio da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo.


Exposição de Artesanato “Máquinas agrícolas – 40 anos da Reforma Agrária”

 

Expo. Máquinas Agrícolas (46).JPG


Realizou-se ao final da tarde de segunda-feira, dia 24 de abril, no Arquivo Municipal de Montemor-o-Novo a inauguração da Exposição de Artesanato “Máquinas agrícolas – 40 anos da Reforma Agrária”, de Joaquim Serralha.

Com o objetivo de representar e preservar a história da maquinaria agrícola em Portugal no período da Reforma Agrária, esta exposição mostra um conjunto de peças, cuja matéria-prima utilizada é a cortiça.

Natural de Montemor-o-Novo, Joaquim Serralha, desde 1975 que se dedica a fazer cópias fidedignas, talhadas com minucia, à escala, recorrendo a desenhos, manuais técnicos e a um estudo atento e conhecedor. As peças expostas, traduzem as muitas horas de labor, dedicação e prazer que este artesão coloca em cada um dos seus trabalhos.


 Concerto “Traz Outro Amigo Também”

 

'Traz Outro Amigo Também' (58).JPG


Na noite de 24 de abril, pelas 22h00, a Biblioteca Municipal Almeida Faria acolheu o Concerto “Traz Outro Amigo Também” – Cantares de Abril. 

30 anos depois da morte de José Afonso, foi um privilégio assistir a “Traz Outro Amigo Também”, um dos temas emblemáticos deste cantautor, que deu o nome a este concerto, onde foram revisitados temas que fazem parte do repertório da música de intervenção. Em palco tivemos Beatriz Nunes, José Soares, Pedro Pinto e João Ferreira, músicos conceituados de diferentes áreas musicais que dão corpo e alma a este projeto.


Cerimónia de Hastear das Bandeiras

 

Hastear das Bandeiras (15).JPG


No dia 25 de abril, as Comemorações do 43.º Aniversário do 25 de Abril, iniciaram-se pelas 9h00, com a cerimónia de Hastear das Bandeiras que, como habitualmente , contou com a participação da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Novo.


 

Pintura Mural e Animação com Insufláveis

 

Mural (3).JPG 


Pint. Mural e Anim. Insufláveis (39).JPG


Na manhã de 25 de abril, o novo edifício da Oficina da Criança ganhou um bonito e colorido mural, pintado por crianças e técnicas da Câmara Municipal. Neste mural estão espelhados os valores da igualdade e liberdade que Abril inaugurou . No Parque Urbano o Dia da Liberdade também foi de muito divertimento com Animação com Insufláveis.

 

37.ª Estafeta da Liberdade

 

Prova Cib. - MN (MJR) (9).JPG


Montemor-o-Novo realizou  mais uma Estafeta da Liberdade, para comemorar a Revolução do 25 de Abril!

Esta é uma prova que anima esta data, em Montemor-o-Novo desde 1981.

Este ano, com partida no Ciborro e meta instalada no Parque Urbano, a 37.ª edição da prova reuniu centenas de atletas das diferentes equipas representativas das várias freguesias. Participaram 16 equipas masculinas e 5 equipas femininas, compostas por 20 elementos, num total de cerca de 500 atletas. O trajeto teve uma distância de 19.100 m, dividido em 20 percursos com cerca de 980 m cada.

Para além da vertente competitiva, a manhã do Dia da Liberdade, foi marcada pelo magnífico convívio entre as equipas e a alegria de centenas populares que assistiram ao desenrolar da prova.

Em masculinos, a grande vencedora foi a equipa do Bispo (A)Em femininos, a vencedora foi a equipa do Bispo, que chegou à meta em 1.º lugar.

Ao longo das edições da Estafeta está em disputa um Troféu a ser conquistado pela equipa que alcançar 3 vitórias consecutivas ou 5 alternadas. Em 2017, estes Troféus ficaram a título provisório na posse das equipas vencedoras.

 

RESULTADOS da 37.ª Estafeta da Liberdade

Equipas Masculinas:

1º - Bispo A (Bombeiros) 1h:07m:04s

2º - Vila A (Reguengo) 1:08:30

3º - Lavre 1:08:53

4º - Cortiçadas de Lavre 1:12:45

5º - Foros de Vale Figueira A 1:16:15

6º - Cabrela 1:16:19

7º - Bispo B (Bombeiros/Eq. Sonho) 1:16:25

8º - Bispo C / S. Geraldo 1:16:30

9º - Ciborro 1:16:59

10º - Foros de Vale Figueira B 1:18:25

11º - Vila C (ACM) 1:18:26

12.º - S. Cristovão 1:18:50

13º - Vila B / Almansor 1:22:05

14º - Escoural 1:25:49

15º - Silveiras 1:26:21

16º - Bispo D S. (Geraldo) 1:42:30

 

Equipas Femininas:

1º - Bispo 1:37:34

2º - Lavre 1:39:42

3º - Cortiçadas de Lavre 1:42:03

4º - Cabrela 1:51:20

5º - Foros de Vale Figueira 1:52:12



Banda Filarmónica “Simão da Veiga” nas Comemorações do 25 de Abril

 

Conc. Banda Simão Veiga CP Lavre (11).jpg


Dia 25 de abril, pelas 17h00, na Casa do Povo de Lavre, a Banda Filarmónica “Simão da Veiga” da Casa do Povo de Lavre realizou o seu habitual “Concerto da Primavera”.

Após um desfile pelas ruas da vila, a Banda com casa cheia brindou os presentes, com obras interpretadas de forma superior, pela mão do maestro Rui Ferreira.

 

Espetáculo Comemorativo do 25 de Abril com Samuel


Samuel.JPG

 

A encerrar a programação do Dia da Liberdade, às 17h30, teve lugar o espetáculo Comemorativo do 25 de Abril “Sempre um fim, sempre um começo”, com Samuel, no Cineteatro Curvo Semedo.

Antes da música, a Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, Hortênsia Menino, efetuou uma intervenção alusiva à data, mas também onde abordou aquilo que são os desafios do presente e do futuro para o Município.

De seguida, pelo palco do Curvo Semedo tivemos uma viagem musical por algumas das canções do novo disco de Samuel -  que deu o nome a este concerto - acompanhadas  também de memórias de outras canções passadas, tanto de Samuel, como de alguns companheiros de viagem (José Afonso, Adriano, José Mário Branco, entre outros), e de alguma música do mundo e a raiz de tudo: a música popular/tradicional portuguesa. A acompanhar Samuel estiveram os músicos Nuno Tavares (piano), Ivo Nogueira (baixo), Jorge Anacleto (guitarra), Carlos Mil-Homens (percussão) e a artista convidada Alexandra Anastácio.