04 março 2016

Montemor-o-Novo Adere à Rota do Fresco e do Montado

Na tarde de quinta-feira, 3 de março de 2016, a Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, Hortênsia Menino, esteve presente na Bolsa de Turismo de Lisboa 2016, onde procedeu à assinatura do protocolo de adesão à Rota do Fresco e do Montado, em sessão pública na BTL, no espaço Alentejo.

O objetivo desta parceria entre o Município e a SPIRA – Revitalização do Património, é democratizar a visita ao património cultural e natural do concelho de Montemor-o-Novo.

Este projeto conta com diferentes rotas pelo Alentejo nas quais pode o visitante aceder a património que habitualmente se encontra encerrado. Nestas rotas pode ainda descobrir a gastronomia dos locais, assistir ao vivo às artes do saber fazer tradicionais no âmbito do património etnológico.

É objetivo destas rotas a promoção sustentável do território, contribuindo deste modo para a sua preservação. Cada visitante contribui ativamente para a preservação do património, uma vez, que parte das receitas revertem para o desenvolvimento de programas de salvaguarda, preservação e promoção do património.

Na Rota do Montado tem duas variantes, nomeadamente o programa Fábricas, onde está presente nos territórios de herança industrial e patrimonial da Azaruja, no Redondo com a riqueza histórica e, em Montemor-o-Novo na Herdade do Freixo do Meio, Fábricas de cortiça e casas de cortiça de Cortiçadas do Lavre e zona de Montado da Herdade da Adua.

A Rota do Montado inscreve-se na missão essencial da Spira: aproximar o público nas suas diferentes faixas etárias, formações e classes sociais, do património do seu país. A Rota do Montado também se encontra disponível para pessoas com mobilidade reduzida.

 

Saiba mais em:

www.rotadofresco.com

www.rotadomontado.com

www.cm-montemornovo.pt