19 maio 2017

Visita às empresas Verde Palma e Herdade Monte da Bica

Programa Mor + Economia - desenvolver, empreender e inovar - contactos com Agentes Económicos | Setor Agroalimentar

A Câmara Municipal de Montemor-o-Novo tem em curso desde 2014 o Programa Mor + Economia - desenvolver, empreender e inovar. Este programa assenta no contacto direto com os agentes económicos do concelho, com o objetivo de criar espaços de debate, promover e aprofundar a proximidade com e entre empresários, desenvolver a dinâmica e sinergias com e entre empresas, fomentar parcerias e o trabalho em rede.

Durante o ano de 2017, o contacto com os agentes económicos, importantes parceiros no desenvolvimento do concelho, está direcionado para o setor agroalimentar, setor de grande importância e em expansão na economia do concelho e que tem demonstrando competitividade, inovação e empreendedorismo.  Estes contactos  permitirão  identificar e refletir sobre a situação da economia local, as perspetivas futuras e as prioridades de investimento nesta área.

No dia 15 de maio a Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, Hortênsia Menino, acompanhada por técnicos da Unidade de Planeamento e Apoio ao Desenvolvimento Económico e  do  Gabinete de Informação deslocaram-se às empresas Verde Palma e Herdade Monte da Bica, localizadas em Lavre, as quais se dedicam à produção de figos da índia.

 Vis. 'Figo da Índia' (46)-001.JPG

Apostando na inovação na agricultura Miguel Oliveira e João Oliveira dedicam-se à exploração do figo da índia. Este fruto, oriundo do México encontra no Alentejo condições excelentes para a produção de figos da índia de grande calibre e qualidade. Atualmente estas duas empresas detêm cerca de 20ha de área plantada, contribuindo para colocar o concelho de Montemor como o concelho com mais áreas plantada deste fruto.

A maior parte da parte da produção é para exportação principalmente para os países do norte da Europa. O figo da índia para além do seu consumo enquanto fruta, pode ainda ser utilizado de diversas formas tais como em compotas, sumos, licores, etc.

 Vis. 'Destil. Monte da Bica' (31).JPG

Na herdade do Monte da Bica está também em desenvolvimento outro projeto inovador e com potencial,  A Destilaria Monte da Bica de João Oliveira, Paulo Martins  e Alberto Pinto Gouveia, onde nasceu o “Bica” Gin feito através de um processo totalmente artesanal.

João Oliveira e Paulo Martins referiram ainda que o gin já se encontra em comercialização no mercado nacional e com uma boa aceitação por parte dos consumidores. Apesar de ser um investimento que está a iniciar-se , consideram que já se encontra bem posicionado para ser um projeto de qualidade e continuidade.